Você está pronto para estudar em outra cidade?

Passar no vestibular é uma sensação única. Ver o nome na lista de aprovados, comemorar com a família e com os amigos e começar a organizar a ida à faculdade para efetuar a matrícula é muito animador. A entrada nessa nova vida significa ainda, para muitos estudantes, ter que morar e estudar em outra cidade, ou até mesmo em outro estado.

Se você foi aprovado em uma universidade longe de casa, parabéns! Chegou o momento de começar a planejar sua rotina em um local diferente. Esse novo rumo pode parecer intimidante no início — principalmente para quem sempre teve lar, pais e amigos por perto —, mas o mais importante nessa hora é manter a calma e analisar tudo.

Pensando nisso, criamos este post para ajudar você a enfrentar o desafio/missão de se preparar profissionalmente longe de casa. Confira abaixo tudo o que você precisa saber sobre esse assunto. Boa leitura!

Conheça o território

Para encarar o desafio de estudar em outra cidade, primeiramente você precisa visitar o local e as imediações da sua faculdade. Isso ajudará você a conhecer melhor a estrutura do campus. Também é necessário descobrir a localização de pontos e estabelecimentos úteis, como: meios de transporte, hospitais, farmácias, delegacias de polícia, bibliotecas municipais, supermercados, lanchonetes e outros locais que podem ser úteis durante sua vida acadêmica ou no caso de uma emergência.

Também vale levantar questões, como:

  • as maneiras de chegar à faculdade;

  • a localização da rodoviária e dos pontos de ônibus e de táxi;

  • o custo das passagens de ônibus ou de avião;

  • os horários do transporte público;

  • o índice de violência dos arredores.

Aproveite esse momento para pesquisar sobre tudo que possa ser importante para sua estadia nesse novo local, pois isso pode trazer mais comodidade e segurança para você.

Escolha sua moradia

Onde você pretende morar quando chegar em outro município? Existem diversas opções disponíveis: apartamento compartilhado, apartamento individual, kitnet (quarto, banheiro e cozinha individual), quarto em casa de família, alojamento (caso a faculdade tenha) e muitas outras. Além do quesito financeiro, também leve em consideração seu temperamento na hora de escolher onde você pretende viver.

Quem gosta de autonomia pode se dar bem alugando uma kitnet, por exemplo. Em contrapartida, uma pessoa que gosta de trocar experiências com outras pessoas pode conviver muito bem com colegas de classe dividindo um apartamento.

Mudar-se para estudar é uma experiência e tanto para quem gosta de desafios. Isso contribuirá muito para o seu amadurecimento que, por sua vez, ajudará também na sua vida profissional. Ao se ver sozinho em um local até então desconhecido, longe de tudo, você aprende a testar seus limites e cresce como pessoa.

Cuide das finanças

A vida de estudante requer muito controle financeiro. Se você faz faculdade em outra cidade, então, é necessário organizar ainda mais a forma como gasta seu próprio dinheiro.

Além dos investimentos básicos: mensalidade e materiais de apoio, você terá que separar valores para se alimentar, cuidar da saúde e se deslocar. Fora que também será preciso arcar com custos de moradia que podem pesar bastante no orçamento do mês.

Diante disso, esteja sempre atento às finanças que você tem disponível e realize um levantamento detalhado de todas as suas despesas. Isso ajudará você a ter um maior domínio sobre seus gastos, fazendo com que sobre uma boa quantia para gastar com diversão e lazer.

Prepare sua “cesta básica diária”

Se sua faculdade é (ou será) longe de onde você mora, antes de sair, prepare sua mochila, com tudo que você pode necessitar durante o dia: materiais didáticos, comida, dinheiro, remédios (caso você faça algum tratamento), analgésicos, agasalhos, carregador para o seu smartphone e/ou notebook etc. Isso fará com que sua rotina seja mais cômoda e muito menos estressante.

Uma boa dica para deixar seu cotidiano mais proveitoso e ainda economizar mais dinheiro é preparar em casa os alimentos que você consumirá na faculdade. Marmitas, lanches, frutas, iogurtes e sucos ajudarão você a manter uma dieta saudável e, ao mesmo tempo, manterá suas finanças sob controle.

Conte com amigos

Fazer amigos é uma das coisas mais divertidas e prazerosas quando você faz faculdade em outra cidade. Essas pessoas poderão ajudá-lo a se adaptar mais facilmente à nova vida, pois podem conhecer o lugar há mais tempo do que você, diminuindo sua insegurança e facilitando muito sua vida acadêmica.

Sendo assim, logo no início das aulas, tente vencer a timidez. Busque sempre conhecer pessoas novas. Seja receptivo e não hesite em pedir ajuda caso necessite de informações.

Morar e estudar em outra cidade pode ser exaustivo e um pouco desgastante, porém é uma boa forma de conhecer pessoas que passam por situações semelhantes às suas, o que pode contribuir para o seu amadurecimento pessoal e profissional.

Vantagens de estudar em outra cidade

Maior responsabilidade

A maior vantagem de morar longe da família é que você desenvolve a responsabilidade de administrar a própria vida. Isso acontece porque ter responsabilidade não é uma escolha, mas sim um dever — e só assim a sua faculdade será concluída.

Diariamente você terá que organizar sua rotina para cumprir suas obrigações com êxito. Sem os pais ou outros responsáveis por perto, sua única alternativa será atentar às datas e organizar suas tarefas (acadêmicas e domésticas).

Novas descobertas

As novas descobertas são muito interessantes — e engraçadas — para quem começa a morar e estudar em outra cidade. Muitos estudantes descobrem, por exemplo, que a casa necessita de produtos de limpeza (que normalmente são caros) e que os produtos de higiene (escova de dente, fio dental, pasta de dente, sabonete e shampoo) não brotam no armário do banheiro.

Ao encarar essa nova vida, você perceberá a real importância de coisas que nunca pensou precisar um dia.

Melhores oportunidades

Com a mudança, você expande também seu leque de oportunidades. Essa vantagem é especialmente válida para alunos que saem de municípios pequenos para estudar em metrópoles.

Mais possibilidades de desenvolvimento e emprego, além de um convívio cultural vasto, são fatores que podem contribuir muito na vida de qualquer jovem aventureiro. Isso é um ganho que não tem preço!

Qualidade de vida

Muitos universitários padecem todos os dias para ir e voltar da faculdade por causa da distância entre a instituição e a cidade onde moram. Isso afeta a qualidade de vida e, também, o desempenho e a produtividade nos estudos.

Ao mudar para a cidade onde fica a universidade, você adquire um tempo valioso e, de quebra, pode até se deslocar a pé se sua moradia for próxima do campus — e não há nada melhor do que uma caminhada antes de iniciar os estudos do dia!

Esperamos que as informações abordadas neste post possam convencê-lo a encarar o desafio de mudar e estudar em outra cidade.

Aproveite e compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais para que seus amigos e colegas também possam contemplar as nossas dicas!