Veja se trabalhar em startups é o caminho certo para você!

Um ambiente descontraído, sem as normas rígidas e as hierarquias das empresas tradicionais: trabalhar em startups é o sonho de muitos profissionais que querem estar um projeto inovador, ter suas ideias ouvidas e fazer parte do crescimento do empreendimento.

É mesmo a melhor opção para quem está focado no desenvolvimento de carreira, já que o número de startups no Brasil teve um avanço de 207% de 2015 a 2019, segundo dados da Associação Brasileira de Startups (Abstartups).

Mas será que esse tipo de empresa é adequado para qualquer perfil? Se você também tem essa dúvida, vem com a gente! Vamos explicar como é a rotina profissional e como se preparar para atuar nesse modelo de negócio!

Afinal, o que é uma startup?

É um tipo de empresa que teve início nos Estados Unidos e, no Brasil, chegou com o boom das companhias de tecnologia de informação na internet, entre os anos 1996 e 2001. Se pegarmos a palavra e a traduzirmos, já dá para ter uma ideia do que é esse conceito — startup significa começar alguma coisa e colocá-la para funcionar.

Em uma definição mais detalhada, podemos dizer que se trata de um grupo de profissionais que começa um negócio inovador, mas ainda cercado de incertezas.

Dessa maneira, são pessoas que vão trabalhar com um nicho ou produto novo ou que ainda foi pouco explorado: podem, assim, trazer novas soluções para os consumidores ou ter diferenciais que superam os concorrentes.

Se você quer trabalhar em startups, saiba que esse tipo de empresa não precisa estar, necessariamente, no ramo tecnológico. Essa é uma confusão que muitas pessoas fazem, visto que grande parte dos negócios com essas características tem como base a tecnologia.

Além de ser inovador e nascer em um cenário de incertezas, há ainda dois aspectos desse modelo de negócio:

  • repetível — é possível reproduzir e replicar o negócio, ou seja, trabalhar com o mesmo produto ou serviço em escala ilimitada sem que sejam necessárias muitas adaptações;
  • escalável — pode crescer muito rapidamente, atingindo o maior número de pessoas sem grandes custos.

Quais são as características principais do trabalho nesse modelo de empresa?

Bom, agora você já sabe o que caracteriza esse tipo de empresa, deve estar curioso para saber como é trabalhar em startups.

Em primeiro lugar, você deve esquecer o que conhece sobre a forma de atuação em organizações tradicionais, que têm uma hierarquia definida dos cargos e expedientes rígidos. Trata-se, portanto, de um ambiente mais informal, em que os estagiários podem trabalhar lado a lado com administradores e fundadores. Além disso, como são negócios que estão começando, geralmente, as equipes costumam ser pequenas.

Confira a seguir as principais vantagens e desvantagens de atuar em uma startup e veja se esse tipo de empresa é ou não a sua cara.

Vantagens

  • O profissional participa das decisões;
  • A jornada de trabalho é mais flexível;
  • O potencial de crescimento do negócio é alto;
  • É um ambiente profissional que valoriza os talentos e estimula a criatividade;
  • Possibilidade de ganhar bônus por projetos e ter participação nos lucros;
  • Como a equipe é pequena, você poderá atuar em diversas funções e desenvolver habilidades importantes para o mercado, valorizando seu currículo;
  • Você vai trabalhar com uma equipe mais jovem e despojada;
  • Relacionamento mais próximo com os colegas;
  • A forma de trabalho é colaborativa, propiciando troca de experiências e aprendizado constantes.

Desvantagens

  • É preciso estar disposto a encarar as incertezas;
  • O volume de trabalho é alto e, apesar de a jornada ser mais flexível, ela pode ser extensa;
  • O profissional precisa aprender muita coisa por conta própria, pois não terá um superior para orientar cada passo;
  • Os ganhos no início da startup podem não ser tão altos comparados com os de empresas estabelecidas.

Como se preparar para trabalhar em startups?

Se você está disposto a atuar em um ambiente inovador e que propicie seu crescimento profissional, deve se preparar. Descubra a seguir as habilidades importantes para trabalhar em startups.

Demonstre proatividade

Esteja pronto para abraçar projetos e apresentar soluções inovadoras. É o ambiente para quem está disposto a vestir a camisa da empresa, a fazer acontecer e também a antecipar cenários e tendências.

Seja resiliente

As características socioemocionais são valorizadas nas startups. É fundamental que o profissional tenha equilíbrio emocional para aguentar os altos e baixos do negócio e seja resiliente para entender que os momentos desfavoráveis são apenas uma etapa para o sucesso. Em outras palavras: desenvolva uma atitude positiva e tenha tudo para crescer nesse tipo de empresa.

Desenvolva o pensamento crítico

Ao contrário de empresas tradicionais, em que os colaboradores, muitas vezes, não podem ou não são encorajados a expor suas opiniões, nesse modelo de negócio, é necessário que você tenha um pensamento crítico. Assim, é esperado que o profissional questione a realidade, os processos e as estratégias da startup. Essa postura é valorizada, pois pode resultar em soluções inovadoras e em novos caminhos para a empresa.

Saia da zona de conforto

Não tenha medo de enfrentar desafios e desenvolver novas habilidades. Cada dia é diferente dentro de uma startup; por isso, se você demonstrar flexibilidade e coragem, tem chance de voar alto.

Mantenha-se atualizado

Como dissemos, trata-se de empresas inovadoras. Desse modo, é natural que busquem profissionais que estejam antenados nas tendências do mercado. Para isso, estude bastante, acompanhe fóruns online e publicações do seu setor e participe de eventos da sua área.

Cultive bons relacionamentos

O networking é importante aqui, pois as empresas começam com grupos pequenos e, geralmente, os fundadores vão chamar candidatos que façam parte de seus contatos profissionais e que tenham o talento necessário para dar início a essa empreitada. Por isso, esteja sempre aberto para conhecer as pessoas de seu nicho e aproveitar as oportunidades.

Se você não tem medo de arriscar e busca um ambiente estimulante para colocar suas ideias em prática, trabalhar em startups é o caminho certo para você. A dica para se preparar para esse modelo de negócio é se qualificar para, dessa forma, acompanhar as tendências e contribuir para o crescimento da empresa.

Gostou das nossas dicas de carreira? Fique por dentro de outros posts com essa temática: siga a gente no Facebook, no Instagram, no Twitter e no YouTube!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"