Por que investir em um projeto de pesquisa na faculdade?

O estudante que acaba de entrar na faculdade dificilmente conhece tudo o que o ensino superior tem a oferecer. Se você deseja tirar o maior proveito possível do seu curso, é preciso ficar por dentro das várias oportunidades que vão ajudar no seu crescimento profissional e acadêmico.

Atualmente, as salas de aula não são o suficiente para transmitir todo o conhecimento necessário capaz de transformar os alunos em grandes profissionais. É por isso que iniciação científica e o estágio profissionalizante devem complementar o aprendizado.

O estudante que investe em um projeto de pesquisa desde cedo pode obter grandes benefícios para o futuro. Para saber mais sobre o assunto, continue a leitura do nosso post de hoje!

O que é um projeto de pesquisa?

Durante a graduação, os alunos interessados em se aprofundar em um determinado tema podem participar da iniciação científica, que os insere em grupos de pesquisa — formados por alunos e professores orientadores — para desenvolver trabalhos e estudos focados na área escolhida com o objetivo de solucionar uma questão ou problema específico.

Dessa forma, o projeto de pesquisa nada mais é do que um aprofundamento temático em uma determinada área, feito pelos próprios alunos do curso superior, orientados por professores, mestres e doutores.

O projeto tem um prazo predefinido para ser concluído — normalmente de 1 ano — e, ao final, os pesquisadores deverão apresentar seus resultados e conclusões acerca do problema proposto. Geralmente, os projetos se manifestam na forma de artigos acadêmicos, que muitas vezes são publicados em revistas especializadas sobre o assunto.

Os estudantes selecionados para participar da iniciação científica recebem uma bolsa como incentivo por suas pesquisas acadêmicas. É possível, também, vincular-se de forma voluntária se você estiver interessado apenas em obter e gerar conhecimento.

Quem financia os projetos de pesquisa?

Em alguns casos, são as próprias universidades que financiam esses projetos, pois querem incentivar a elaboração de trabalhos acadêmicos e a produção de conteúdo científico por professores e alunos.

Na maioria dos casos, porém, o financiamento vem de instituições que têm interesse nos resultados obtidos e querem fomentar cada vez mais a pesquisa acadêmica.

Atualmente, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) é a maior fonte de incentivo à iniciação científica no Brasil. Todos os anos, esse conselho publica editais para disponibilizar bolsas de auxílio aos alunos interessados.

Outras instituições e empresas — como a própria Petrobrás — também podem financiar esses projetos, dependendo dos seus interesses e das áreas de pesquisa. São diversas as formas de apoio e incentivo, podendo vir tanto da iniciativa privada quanto do governo.

Como participar de um projeto de pesquisa?

Se você se interessou por esse assunto e não quer perder mais tempo, é preciso estudar bastante, pois existe uma seleção para participar da iniciação tecnológica e científica, e apenas os alunos mais qualificados são escolhidos.

O estudante pode escolher o tema do seu interesse e verificar quais são os projetos que já estão em andamento nessa área. Caso seja selecionado, ele vai ser inserido em um grupo de pesquisas em que o professor orientador já tem uma linha definida.

Esses grupos são incentivados a requerer bolsas aos órgãos externos de fomento, que vão ser revertidas para os alunos da iniciação científica como meio de incentivo ao trabalho que estão realizando.

Caso não haja demanda dos grupos preestabelecidos, é possível que os próprios professores da faculdade iniciem seus grupos, gerando uma relação direta entre os alunos escolhidos e o orientador.

Quais são as vantagens de um projeto de pesquisa?

Essa é uma iniciativa que ajuda tanto os estudantes que desejam seguir a carreira acadêmica quanto aqueles que querem se destacar no mercado de trabalho. São diversos os benefícios e oportunidades que podem surgir a partir dela. E acredite: o incentivo financeiro é a menor das vantagens que você pode obter.

Para esclarecer um pouco mais sobre isso, vamos listar a seguir alguns exemplos do que a participação em um projeto de pesquisa pode proporcionar ao estudante:

Maiores conhecimentos

Como já mencionamos, as salas de aula hoje em dia não conseguem transmitir todo conhecimento necessário para que o aluno saia da faculdade pronto para exercer sua profissão. Portanto, se você já tem um plano de carreira bem-definido e sabe em que área deseja atuar, é importante investir em si mesmo desde cedo.

A iniciação científica permite que os alunos já comecem a se aprofundar em um tema de seu interesse antes mesmo de formar, fazendo com que ele se destaque nessa área e saia da faculdade bem à frente dos seus colegas.

Preparo para o TCC

Ao final da faculdade, todos os alunos devem apresentar um trabalho de conclusão de curso (TCC), que segue as mesmas regras básicas da iniciação científica.

Os alunos que já tiverem participado de um projeto de pesquisa terão muito mais facilidade em elaborar seu TCC e defendê-lo, pois já estarão familiarizados com a metodologia.

Além disso, é possível usar o mesmo tema do seu projeto para o TCC, aproveitando boa parte da pesquisa feita anteriormente.

Networking

Durante o projeto de pesquisa, o estudante fica em contato direto com o professor orientador e os outros pesquisadores. Isso acaba criando um vínculo entre eles que vai muito além do período da faculdade.

No futuro, esse contato com pessoas que têm os mesmos interesses que você pode ser muito útil para formar parcerias ou conseguir indicações no mercado de trabalho.

Ingresso em programas de pós-graduação

Com a experiência adquirida na faculdade, os alunos da iniciação científica são muito mais preparados para fazer uma pós-graduação, pois já estão muito bem-acostumados com a linguagem e a metodologia científica.

Além disso, essa experiência e as indicações de professores podem fazer com que você consiga obter bolsas para mestrado e doutorado, ideal para quem tem vontade de seguir a carreira acadêmica.

Currículo diferenciado

Ainda que você não pense em seguir a carreira acadêmica, a participação em projetos de pesquisa é um diferencial no seu currículo.

As grandes empresas e empregadores prezam por profissionais dedicados e responsáveis. Sua participação na iniciação científica reflete o quanto você tem compromisso e interesse na sua área de atuação, colocando-o à frente de muitos outros profissionais.

Como você pode perceber, vale a pena investir em um projeto de pesquisa o quanto antes. Essa iniciativa traz apenas benefícios, fazendo com que você se destaque não apenas na faculdade mas também no próprio mercado de trabalho. Além disso, é uma ótima forma de aprofundar seus estudos e começar a se especializar na área de seu interesse!

Agora que você já conhece as maiores vantagens da iniciação científica, aproveite para assinar nossa newsletter e ficar por dentro de muitos outros conteúdos como este!