Música para foco: aposte nessa dica para se concentrar!

Cada pessoa tem as suas preferências na hora de realizar uma atividade que exige concentração, como trabalhar ou estudar. Pensando nisso, resolvemos falar de uma dica que é capaz de favorecer essa relação: a música para foco.

Há quem acredite que escutar canções é motivo de distração e prejudica o rendimento. Contudo, existem pesquisas que exploram como esse hábito pode beneficiar a capacidade de atenção. Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe o texto a seguir e descubra!

Como a música auxilia na concentração

Para começar a entender como o fato de ouvir música pode ser benéfico para aumentar o seu foco, vamos partir da dificuldade de fazer isso. O que acontece é que a falta de concentração normalmente está ligada a fatores emocionais, como ansiedade, estresse, angústia, preocupação, entre outros.

Quando um estudante tem uma prova importante, por exemplo, é natural que o seu estado emocional seja abalado por essa razão. O medo de não obter um bom resultado, o nervosismo de não saber o que será cobrado na avaliação, a apreensão de conseguir estudar todo o conteúdo, além de motivos pessoais que podem interferir nesse processo.

Ainda que haja tempo disponível para se dedicar aos estudos, todos esses sentimentos se misturam e interferem no pleno funcionamento da mente. Há quem fique horas debruçado sobre um livro sem absorver e memorizar o que está sendo estudado. Para completar, qualquer coisa ao redor chama atenção e distrai o pensamento.

Apesar de ser um problema, essa é uma situação recorrente. Logo, o ideal é buscar alternativas para favorecer a capacidade de concentração e ser mais produtivo — e a música é um dos recursos utilizados para esse objetivo.

A Universidade de Medicina de Stanford tem uma pesquisa que comprova que ouvir músicas agradáveis reduz a produção de hormônios que atrapalham o foco, como o cortisol e a noradrenalina. Ao mesmo tempo, ocorre um estímulo que conduz à liberação de serotonina, endorfina e dopamina — que são os responsáveis pela sensação de bem-estar e equilíbrio emocional.

Para completar, a atividade cerebral como um todo também é favorecida e as funções cognitivas são despertadas com as melodias. Assim, não há dúvidas de que o foco, a memória e o aprendizado são promovidos nessas circunstâncias.

O tipo de música para foco ideal

O grande detalhe em todo esse contexto é que não é todo tipo de música que tende a facilitar a concentração. Por isso, muitas pessoas podem ainda não ter usufruído desse benefício, justamente por ainda não terem feito escolhas corretas.

Segundo o estudo, a indicação são as melodias mais lentas e com transições de movimento — ou seja, que apresentam breves pausas antes de iniciar novas notas. Outro aspecto relevante é a ausência de letras, pois elas podem ser um fator de distração para quem já conhece a música.

Diante dessas características, fica fácil entender por que as músicas instrumentais são tão recomendadas nesses momentos. O ritmo é uniforme, não há variações tão bruscas e as letras não atrapalham.

A boa notícia é que praticamente todos os estilos musicais podem ser encontrados em versão instrumental. Para quem ainda não tem esse costume, basta procurar nas plataformas digitais (como Spotify, Deezer, YouTube, Apple Music e outros) as opções nesse formato. Inclusive, existem listas prontas de músicas para concentração que qualquer um pode testar!

Finalizando as sugestões, não há como deixar de lado um ponto importante: o volume. O mais apropriado é optar pela música ambiente, um som sutil para realizar as suas atividades sem desconcentrar. Isto é, nada de colocar o volume nas alturas — deixe isso para as festas e momentos de extravasar.

Outras formas de dar um gás na produtividade

Já falamos sobre a música como uma ferramenta favorável para ter mais foco no dia a dia. Contudo, como você deve imaginar, existem outras formas de potencializar a sua produtividade e que podem ser usadas em conjunto. Veja, a seguir, algumas dicas complementares.

Monte um cronograma

Saber administrar o seu tempo é fundamental para conseguir realizar todas as suas tarefas. Só que fazer isso sem o mínimo de organização é bem mais difícil. Sendo assim, uma excelente ideia é montar um cronograma com a sua programação para cada dia.

Distribua as suas obrigações de estudo, trabalho e os afazeres pessoais dentro do seu tempo disponível a fim de criar uma rotina. Com os horários predeterminados, apenas crie o compromisso de seguir o planejamento e perceba como o seu dia deve render.

Programe pausas ao longo do dia

Concentração é algo necessário para ser produtivo, porém, também é bastante delicado. Afinal, pode-se dizer que ficar focado durante muito tempo é uma missão quase impossível. Por isso, as pausas são essenciais para distrair um pouco a mente e poder retomar o foco mais tarde.

A sabedoria está em não alongar demais os intervalos a ponto de perder a motivação ao estudar e não ser tão breve para realmente dar um descanso ao cérebro. Vale a pena testar como funciona melhor para você, introduzindo pausas menores e um pouco maiores ao longo do dia.

Tenha um espaço adequado

A bagunça é mais um fator que não contribui em nada para a produtividade, sem contar que você provavelmente vai perder tempo para encontrar o que precisa. Um local de estudos, por exemplo, deve ter todos os seus materiais à disposição. Portanto, procure manter um espaço limpo, organizado, confortável e silencioso para fazer as suas atividades. Lembre-se ainda de deixar as fontes de distração bem distantes.

Cuide da sua saúde e bem-estar

Por fim, não existe dica que funcione se o seu organismo não estiver em pleno funcionamento. A concentração é favorecida pelos fatores externos e por hábitos que todos podem cultivar, mas não há como negar que o bem-estar faz toda a diferença.

Nesse sentido, ter uma alimentação nutritiva e balanceada está entre as principais necessidades. Outra coisa que não pode ser negligenciada é a qualidade do sono, pois durante esse período é que o cérebro consegue absorver as informações adquiridas no dia. A falta do descanso adequado deixa qualquer pessoa esgotada, improdutiva e com dificuldade de se concentrar.

A verdade é que ter um bom resultado vai depender da sua dedicação e atenção com todas as questões citadas. Então, não deixe de colocar todas as dicas em prática para melhorar cada vez mais o seu desempenho, sem esquecer da música para foco!

O que achou do post? Foi uma novidade para você? Aproveite e compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais. Assim, você pode divulgar essa informação e ajudar os seus amigos a ficarem mais concentrados!