Invista na pós-graduação em Engenharia de Petróleo e Gás Natural

Você sabia que a área de Engenharia de Petróleo e Gás Natural conta com um mercado atraente e com boas taxas de empregabilidade? Para os engenheiros em atuação, ou futuros profissionais do ramo, essa é uma opção de carreira que merece atenção.

Preparamos este post para que você entenda como é o curso de pós-graduação e quais as possíveis áreas de atuação para o engenheiro de petróleo e gás natural. Leia com atenção e coloque mais esse item na sua lista de objetivos profissionais!

Afinal, o que é estudado na pós-graduação em Engenharia de Petróleo e Gás Natural? 

O curso de especialização capacita os profissionais a desenvolverem suas atividades como engenheiros no mercado de óleo e gás. A demanda de investimentos nesse setor tem sido crescente, o que garante boas possibilidades de carreira para os interessados em aprofundar seu conhecimento na área.

A pós-graduação é do tipo especialização lato sensu e confere ao aluno o título de especialista em Engenharia de Petróleo e Gás Natural. A carga horária total do curso é de 360 horas e corresponde a 18 meses de estudos aplicados.

Essa especialização é destinada tanto aos que fizeram graduação em Engenharia de Petróleo quanto aos engenheiros de outras áreas. Profissionais de Física, Matemática, Química e Geologia também fazem parte do público-alvo do curso.

A grade curricular da pós-graduação é dividida em 4 módulos, compostos pelas seguintes disciplinas:

  • Introdução à Engenharia de Petróleo e Gás Natural;
  • Geofísica e Geologia do Petróleo e Gás Natural;
  • Fenômenos de Transporte Aplicados à Engenharia de Petróleo e Gás Natural;
  • Engenharia de Reservatório I e II;
  • Engenharia de Poço I e II;
  • Engenharia de Produção I e II;
  • Engenharia de Gás Natural I e II;
  • Gestão de SMS;
  • Análise Empresarial de Projetos de Investimento;
  • Metodologia de Pesquisa Científica.

Depois do contato com os conteúdos abordados, para concluir a pós-graduação o aluno deve desenvolver um Trabalho Final de Curso.

Qual o cenário do mercado de trabalho para essa área?

Os profissionais da área de Engenharia de Petróleo e Gás Natural contam com altas taxas de empregabilidade. As oportunidades de trabalho são encontradas tanto no setor público quanto em organizações de iniciativa privada, em empresas petrolíferas, refinarias e indústrias petroquímicas.

O mercado é aquecido, considerando que o Brasil tem o petróleo como um dos pontos fortes da economia nacional. Apesar da demanda crescente, ainda há poucos profissionais com especialização na área, o que coloca os pós-graduados em um patamar elevado de qualificação.

A exploração de petróleo em toda a costa brasileira e as atividades voltadas aos reservatórios de pré-sal colocam o engenheiro desse ramo em uma posição bastante requisitada, sobretudo na região sudeste. Além do setor petrolífero, o profissional também pode atuar no desenvolvimento de biocombustíveis, com foco em soluções que garantam sustentabilidade.

No mercado nacional, o pós-graduado em Engenharia de Petróleo e Gás Natural já encontra boas oportunidades, e com remuneração atraente. Mas também é possível pensar nas chances de carreira internacional, visto que empresas multinacionais do ramo petroquímico estão sempre à procura de profissionais com alta qualificação.

Quais são as possibilidades de atuação?               

O engenheiro de petróleo pode atuar em várias etapas das atividades desenvolvidas por empresas do ramo: desde a descoberta e exploração de novos poços e jazidas de petróleo e gás até a comercialização e o transporte dos produtos.

Conheça as principais áreas de atuação para o pós-graduado em Engenharia de Petróleo e Gás Natural!

Procura de reservatórios

Uma das possibilidades para o engenheiro de petróleo inclui o planejamento para fazer a descoberta de novos reservatórios de gás natural e jazidas de petróleo. Para isso, o profissional avalia as características físicas dos locais a serem explorados e os recursos disponíveis.

Exploração de petróleo

O engenheiro que atua diretamente na exploração de petróleo e gás deve ter sólido conhecimento técnico para definir como a perfuração pode ser feita — sem oferecer riscos ao ambiente e prejuízos financeiros à empresa.

Consultoria

O pós-graduado ainda pode trabalhar sem vínculos empregatícios e atuar como consultor especialista, prestando serviços para empresas ambientais e do ramo petrolífero. As consultorias são feitas para avaliar os riscos das atividades de exploração dos recursos naturais, além de outras questões pertinentes à função.

Desenvolvimento de equipamentos

Desenvolver e supervisionar a produção de novos equipamentos também é uma das atividades possíveis para o engenheiro de petróleo e gás. As máquinas e instrumentos projetados são utilizados em indústrias petroquímicas, refinarias e plataformas marítimas.

Comercialização, transporte e distribuição

Outra boa opção de carreira para quem segue os estudos na área da Engenharia de Petróleo e Gás Natural é o mercado comercial e logístico. Seguindo por esse ramo, o engenheiro pode atuar na comercialização e distribuição dos materiais e equipamentos, assim como focar no setor de exportação e importação.

Por que cursar a pós em Engenharia de Petróleo e Gás Natural na UCL?

Dedicar tempo e investimento capital ao aprimoramento profissional é uma decisão inteligente para quem quer melhores oportunidades de carreira. Entretanto, para adquirir um aprendizado sólido e que possa ser convertido em desempenho prático diferenciado, é fundamental contar com uma instituição de renome e qualidade.

A UCL se preocupa em transmitir um ensino de excelência, com potencial para transformar a vida profissional dos alunos. Conheça os benefícios e diferenciais do curso de pós-graduação em Engenharia de Petróleo e Gás Natural da UCL:

  • abordagem técnica e com foco na prática das operações de perfuração e produção de petróleo e gás;
  • corpo docente altamente qualificado, com professores experientes e especializados na área;
  • curso consolidado, que já formou várias turmas e que permite o intercâmbio com casos reais de profissionais que conquistaram uma carreira de destaque;
  • aprendizado teórico consistente, aliado ao instrumental prático que reforça o conhecimento acerca dos serviços das indústrias petrolíferas.

Então, não restam mais dúvidas. Para impulsionar sua carreira como engenheiro, vale muito a pena investir em uma pós-graduação em Engenharia de Petróleo e Gás Natural. Com amplas possibilidades de atuação e mercado aquecido, seja você um especialista para se destacar nesse cenário!

Preparado para uma guinada na vida profissional? Conheça o curso de Engenharia de Petróleo e Gás Natural da UCL e atualize suas definições de carreira!