Por que aprender empreendedorismo, gestão e negócios na faculdade?

Independentemente da área de atuação, o mercado está muito exigente. As empresas não querem contratar profissionais que venham com fórmulas e conceitos prontos. Na verdade, elas buscam encontrar pessoas ousadas, ou seja, preparadas para se arriscar e superar desafios.

No âmbito da graduação, ganham importância a preparação e os estudos voltados para empreendedorismo, gestão e negócios, o que pode garantir o sucesso do estudante.

Infelizmente, muita gente ainda não acredita nisso e acha que esses conteúdos se restringem aos alunos do curso de Administração. Saiba que essa ideia está equivocada, pois cada vez mais engenheiros, arquitetos e outros profissionais abrem suas próprias empresas e conquistam bons resultados no mercado.

Quer saber como aproveitar a vida universitária para explorar esses temas? Confira nosso post e veja como essa preparação ainda na faculdade pode significar o sucesso na sua carreira!

Qual é a importância de estudar empreendedorismo, gestão e negócios?

Muitos profissionais têm o sonho de ter a própria empresa, mas esbarram nas dificuldades para empreender no Brasil. O excesso de burocracia, somado à falta de preparo do empreendedor, resulta em negócios que, simplesmente, não vão para a frente.

Desse modo, pensar em empreendedorismo, gestão e negócios ainda na faculdade pode dar um final feliz a essas histórias, principalmente em momentos de crise, que exigem uma postura diferenciada dos profissionais.

Aqueles que não saem do comum, ou seja, não pensam “fora da caixa” provavelmente têm mais dificuldades para encontrar boas oportunidades e crescer no mercado de trabalho. E é por isso que termos como gestão e empreendedorismo estão tão em voga atualmente. É uma maneira de trilhar o próprio caminho profissional e — dependendo do produto ou serviço lançado — alcançar o sucesso.

Todo mundo pode empreender

Saiba que abrir uma empresa, desenvolver um novo modelo de negócio, criar um produto ou aprimorar uma metodologia de trabalho é possível para profissionais de qualquer área — e não necessariamente apenas para um seleto grupo de determinadas carreiras.

Todo mundo é capaz de tirar uma ideia do papel e fazer a diferença! Uma solução simples para um problema que atrapalha a vida em comunidade pode ser encontrada por um aluno do primeiro período de qualquer curso em uma universidade.

Assim, a faculdade é um ambiente propício para que o estudante possa colocar em prática os conceitos aprendidos, formatando, por exemplo, um negócio. Além disso, apresenta-se como uma maneira de conseguir enxergar todas as etapas necessárias para abrir uma empresa, com a possibilidade de errar e acertar e também de desenvolver as competências pessoais essenciais a todo gestor, como:

  • liderança;

  • proatividade;

  • boa comunicação;

  • pensamento analítico.

Dessa forma, estudar esses assuntos voltados para o empreendedorismo é uma questão muito importante para o desenvolvimento pessoal e profissional de um estudante. Depois de formado, o profissional poderá contribuir para o crescimento econômico e tecnológico do país, já que ele estará preparado para trazer uma ideia inovadora ao mercado.

Como a faculdade pode ajudá-lo?

Uma boa faculdade é essencial para o futuro do estudante. Por mais que o esforço do aluno seja uma peça-chave em seu desenvolvimento, um ambiente tranquilo e que proporciona boas oportunidades é um grande diferencial. Por conta disso, você deve procurar por instituições de ensino que ofereçam uma infraestrutura para que o aluno possa se preparar para o mundo dos negócios.

Ao escolher um curso superior, fique atento à matriz curricular, observando se há disciplinas voltadas para a área de gestão, ou seja, alinhadas com as demandas do mercado. O conteúdo não deve ser maçante. Deve, sim, estimular os alunos a pensar em novas ideias e modelos de negócios dentro da sua área de atuação.

A faculdade deve contar ainda com professores qualificados e que possam incentivar os alunos a aprender sobre empreendedorismo, gestão e negócios.

Escolha instituições que contam com incubadoras, empresa júnior ou ainda aceleradoras de startups, para que você receba um suporte completo para começar a empreender ainda na graduação.

Além disso, o espírito empreendedor deve existir nos corredores da escola. Ficar apenas nas salas de aula não traz bons resultados. Palestras, cursos preparatórios, oficinas e contato com casos de sucesso no mercado são ótimas oportunidades para fomentar o desejo de empreender dos alunos.

Todos esses fatores estimulam a criatividade, permitindo que o estudante inove. Grandes negócios atuais que conquistaram atuação global — como o Facebook e o Google — surgiram de parcerias universitárias. Esse ambiente tem todos os ingredientes para que você possa construir um futuro brilhante.

Quais são as dicas para se preparar ainda na faculdade?

Ficou interessado em empreender, aproveitando as oportunidades que a faculdade oferece? Então, a seguir, veja as melhores dicas para aprender sobre gestão e negócios durante o período da graduação.

Anote todas as ideias

Provavelmente, você já teve alguma ideia brilhante para um problema em sua rotina, enquanto estava tomando banho ou pegando o ônibus, não é mesmo? Por mais estranha que ela pareça, é essencial anotar e guardar qualquer tipo de ideia relacionada a empreendedorismo, gestão e negócio.

Em alguns casos, seu pensamento ainda pode estar prematuro e precisar de alguns ajustes. Algumas pessoas confiam em suas memórias ou simplesmente esquecem o que haviam pensado. Nessas horas, grandes chances de sucesso podem ser desperdiçadas, por isso não cometa esse mesmo erro e fique atento a tudo que seu cérebro pode elaborar!

Tome a iniciativa

A faculdade é uma etapa muito importante para a evolução de um aluno, mas ela não oferece todos os conhecimentos necessários para investir em empreendedorismo, gestão e negócios. Então, você é o elemento principal que pode provocar a mudança ou a solução de algum problema.

Não fique aguardando uma resposta milagrosa ser dita por um professor ou um colega de trabalho. Nessas situações, você deve colocar a mão na massa e tirar suas ideias do papel. Também é válido buscar outras fontes de conhecimento — como cursos online e participação em palestras, seminários, workshops e outros eventos similares.

Outra dica é ler livros sobre o tema e sempre acompanhar as personalidades empreendedoras em suas redes sociais. Não se esqueça de que essa rotina exige muito esforço, porém ela tem muito a oferecer, pois você estará antenado quanto às tendências da área de gestão.

Tenha um bom relacionamento com amigos e outros profissionais

O networking, ou seja, a criação de uma rede de contatos profissionais é fundamental para quem quer empreender. Por isso, esteja em contato com colegas, inclusive de outras áreas, e profissionais — que você pode conhecer em seu estágio, em eventos ou ainda em redes sociais como o LinkedIn.

Uma empresa de sucesso é formada por uma equipe competente e que sabe lidar com todos os tipos de adversidades. Cada um de seus membros precisa dominar áreas diferentes do conhecimento, pois assim torna-se possível ter vários pontos de vistas sobre um mesmo assunto e formas variadas de encontrar soluções para os desafios.

Desse modo, não se isole durante a graduação. Lembre-se de que um futuro sócio pode sentar-se ao seu lado durante todo o semestre na sala de aula.

Busque auxílio de professores

Uma faculdade empreendedora é composta por professores com boa experiência de mercado e que já vivenciaram o empreendedorismo em suas rotinas. Eles podem dar conselhos que facilitam a vida de um estudante empreendedor e que está começando sua vida de negócios.

Assim, tire todas as suas dúvidas e demonstre interesse em aprender as disciplinas, principalmente os estudos de caso. Mantenha um bom relacionamento com seus professores, participe ativamente das atividades propostas e absorva tudo o que eles têm para ensinar.

Dedique-se aos estudos

Um aluno aplicado tem grandes chances de sucesso em sua carreira. Não é diferente, quando as disciplinas se voltam para empreendedorismo, gestão e negócios. Seja um estudante dedicado e cumpra todas as suas obrigações.

Seja participativo nos trabalhos em grupo, troque experiência e conhecimento com os colegas, faça projetos de pesquisa e comece a desenvolver suas habilidades de liderança, comunicação e networking.

Aproveite o tema do TCC

Muitos alunos torcem o nariz por causa da obrigatoriedade de fazer o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Saiba que elaborar esse trabalho é uma ótima oportunidade para desenvolver um negócio do zero. Você pode definir como tema o planejamento de uma empresa, com a criação de um produto ou serviço, por exemplo.

Assim, o trabalho pode ser útil para que você realize uma pesquisa de mercado, entenda sobre seu público-alvo, faça um planejamento detalhado, pesquise sobre matérias-primas e processos de fabricação, entre outros temas, sempre com a supervisão de um professor.

Além disso, ao final, o TCC é submetido a uma banca de especialistas, que podem apontar os erros do negócio ou ainda sugerir novos caminhos.

Conte com o auxílio de incubadoras

Para quem tem um projeto em mente, especialmente na área de tecnologia, contar com as incubadoras da faculdade pode ser o “empurrãozinho” que faltava para colocar a ideia em prática. Isso porque elas são ambientes em que é possível planejar o negócio e contar com uma infraestrutura para desenvolver a empresa, além de oferecer apoio gerencial e financeiro.

Assim, o aluno coloca a mão na massa (desenvolvendo suas ideias), tem a orientação de professores e ainda consegue vivenciar a rotina empresarial — fazendo os ajustes necessários para que a gestão tenha êxito e possa ganhar o mercado.

Utilize os laboratórios de pesquisa

Instituições de ensino que investem em laboratórios de pesquisa podem fazer a diferença na vida do aluno que quer empreender. Isso porque ele pode aproveitar esses espaços para desenvolver, por exemplo, um produto. Com a orientação dos professores, consegue testar suas ideias e, assim, saber se são viáveis.

Aposte na empresa júnior

A empresa júnior, oportunidade oferecida por faculdades que querem preparar os alunos para o mercado, também é uma ótima alternativa para aprender sobre gestão. Você pode se reunir com os colegas e planejar um negócio ou participar de algum projeto já existente.

Com o apoio da faculdade, os alunos podem entender todas as etapas que envolvem abrir e gerenciar uma empresa, como se fosse um negócio real. A empresa júnior tem uma rotina administrativa e pode atender, inclusive, a comunidade, com a prestação de serviços. Permite aos alunos aprender sobre finanças, planejamento estratégico, liderança e até noções de marketing.

Crie uma startup

A faculdade pode ser um ambiente propício para você inovar, testar e, por que não, lançar um novo empreendimento. Estamos falando da criação de startups, modelos de negócios que têm impulsionado a economia do país.

A vantagem é que muitas faculdades contam com aceleradoras de startups, que podem dar um impulso para os projetos dos alunos. Dessa maneira, torna-se viável garantir o suporte necessário para quem quer se preparar para entrar no mercado com o pé direito.

Faça iniciação científica e tecnológica

Fazer um projeto de cunho científico ou tecnológico, além de aprimorar os conhecimentos do aluno com as técnicas e metodologias de pesquisa, também é relevante para que ele possa testar hipóteses e desenvolver a criatividade — passos importantes para quem tem a intenção de empreender. A vantagem é que são programas com a possibilidade de bolsas, o que pode dar aquela forcinha no orçamento.

Considere uma formação internacional

Você sabia que existe a chance de cursar parte do ensino superior fora do país? Muitas faculdades oferecem programa de formação internacional, uma parceria com instituições internacionais que propicia ao aluno acompanhar um determinado período da graduação em outro país.

Para quem quer empreender, essa vivência pode ser fundamental para apontar caminhos novos, aguçar a curiosidade e propiciar o contato com especialistas em gestão de universidades de renome.

Viu só como a faculdade oferece uma série de possibilidades para quem quer aprender e colocar em prática noções de empreendedorismo, gestão e negócios? Escolha uma instituição de ensino que ofereça um suporte completo para os alunos que sonham em abrir uma empresa e brilhar no mercado.

Gostou das nossas dicas para se preparar no empreendedorismo ainda na faculdade? Então, compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais, para que eles também possam tirar o máximo de proveito do curso superior!