Como estudar exatas para faculdades de engenharia?

Ao decidir fazer uma graduação em uma das engenharias, como a civil, a elétrica e a mecânica, muita gente se questiona como estudar exatas para passar no Enem ou nos vestibulares tradicionais — que têm mais peso nessa área por conta da opção de curso.

Porém, o que boa parte dessas pessoas esquece é que esses processos seletivos avaliam não apenas a aptidão de cada candidato em resolver problemas, mas também outros importantes aspectos como raciocínio crítico e lógico, interpretação e escrita.

Algo que você também terá ao longo da sua formação, já que as faculdades de engenharia contam com uma grade curricular multifacetada e de caráter interdisciplinar com outros segmentos. O motivo disso? É que, dessa forma, cada aluno se torna um profissional capacitado para lidar com a rotina profissional e as necessidades do mercado sem estagnar ou ficar com o conhecimento limitado a só um tipo de saber.

Pensando nisso, reunimos 9 dicas que vão ajudá-lo a se preparar para ingressar no ensino superior e, de quebra, ter um bom desempenho acadêmico. Acompanhe!

1. Estabeleça uma rotina de exercícios

Para começar, a primeira dica é simples: além de ter um cronograma para leitura dos conteúdos vistos em sala de aula e previstos para cair nas provas, monte uma rotina de exercícios semanal. Eles podem ser divididos em grupos de assuntos fáceis, médios e difíceis, por exemplo, e devem ser feitos à risca sem procrastinação.

Com isso, você ganha familiaridade com os cálculos, consegue memorizar funções matemáticas com mais facilidade e aprende a identificar outras formas de solucionar o mesmo problema.

2. Realize simulados e provas anteriores

Para complementar sua rotina de exercícios, aqui vai outra dica útil e fácil de colocar em prática: faça avaliações que já têm gabarito disponível (e, se possível, explicado passo a passo) para consulta, como simulados e provas anteriores.

Dessa maneira, você consegue medir o seu desempenho nos conteúdos que são cobrados nelas, avaliar o tempo que leva para concluir diferentes questões e conferir o que fez de errado em determinadas perguntas para que acabasse cometendo algum deslize que prejudicou a sua nota.

3. Aprenda a deixar de lado a calculadora

Que a calculadora é uma excelente aliada na hora de resolver exercícios, isso ninguém questiona. Porém, é preciso aprender a deixá-la de lado para não se tornar dependente dela toda vez que estiver fazendo um cálculo. Basta ter em mente que, em momentos de provas, por exemplo, o uso dela será vetado. 

Por isso, se acostume a solucionar as questões realizando as contas com papel e caneta. Aos poucos, você verá como esse novo hábito vai maximizar seu raciocínio lógico e aumentar sua agilidade com os números.

4. Faça resumos para as disciplinas

Outra dica importante sobre como estudar exatas é não se prender apenas à rotina de exercícios e resolução de simulados, mas também ir além e fazer resumos.

Isso porque essa técnica é bastante útil para você escrever com as suas próprias palavras o que entendeu de cada matéria, organizar suas ideias (ao mesmo tempo em que exercita a capacidade de sintetizar informações) e assimilar com mais facilidade aqueles tópicos que exigem mais atenção.

De quebra, o resumo se torna uma excelente fonte de pesquisa para quando você tiver dúvidas sobre determinado assunto e precisar saná-las com praticidade e rapidez. 

5. Desenvolva sua capacidade de interpretar textos

Não é apenas nas provas de português que você precisa saber interpretar textos. Afinal, é cada vez mais comum questões de exatas com enunciados longos e repletos de informações justamente para testar sua capacidade de compreender o que está escrito e, principalmente, de filtrar os dados realmente úteis para a resolução de problemas.

Portanto, caso sinta que esse não é o seu forte, comece a ler conteúdos relacionados às exatas e exercite sua habilidade de extrair os pontos-chave das perguntas, identificar ideias implícitas, entender gráficos e tabelas e por aí vai.

6. Aprofunde-se nas unidades de medidas

Como muitas questões de física e matemática envolvem unidades de medidas, procure se aprofundar nas diferentes grandezas existentes, como comprimento e massa, e os respectivos padrões estabelecidos para cada uma delas. Isso será bastante útil nos momentos em que você precisar fazer conversões e cálculos com casas decimais.

7. Estude também a teoria, não apenas a prática

Muitas pessoas veem as exatas como a área dos cálculos — o que não está errado. Contudo, quando você encara elas como apenas números, acaba estudando de forma equivocada, pois foca nas fórmulas e esquece que, por trás delas, há diversas teorias. Ou seja, você somente decora os macetes e não aprende, de fato, o conteúdo.

Por isso, mude a forma que você estuda. Isto é, se aprofunde primeiramente nos conceitos para assimilar o que está por trás de cada operação numérica e, a partir disso, aperfeiçoe o seu conhecimento resolvendo os mais diferentes exercícios.

8. Use a internet ao seu favor

Além das dicas anteriores, saiba que você também pode utilizar a internet ao seu favor. Não faltam blogs, plataformas e sites em que é possível ter acesso a outros materiais para complementar os seus estudos, como e-books, documentários, apostilas, gráficos, artigos etc.

Fora isso, ainda há diversos canais no Youtube produzidos por criadores de conteúdo que são formados em engenharia (ou até mesmo lecionam na área) e compartilham com os inscritos algumas dicas sobre como estudar exatas.

9. Tire suas dúvidas sobre as matérias

Por fim, mas não menos importante, nunca fique com dúvidas! Jamais deixe elas se acumularem, pois, cedo ou tarde, você vai se deparar justamente com questões que as envolvem e o seu resultado final, infelizmente, vai ficar aquém do esperado.

Portanto, caso esteja com dificuldade em compreender determinado assunto, procure os seus professores e peça orientação a eles. Amigos e colegas que dominam o assunto também podem ser consultados e, inclusive, auxiliá-lo. Toda ajuda é válida e você não deve ter vergonha de pedir!

Agora que você já está por dentro de como estudar exatas, não deixe de colocar nossas dicas em prática e garantir não apenas o seu ingresso no ensino superior, como também uma trajetória acadêmica ímpar no curso que escolheu!

E já que falamos sobre as engenharias, aproveite e confira quais são as diferenças entre elas e como escolher a melhor para você!