Certificações de qualidade: conheça as principais e saiba como aplicá-las!

Melhorar a qualidade de produtos e de serviços prestados ao cliente, atender aos requisitos para garantir a sustentabilidade ambiental e praticar de forma normatizada a responsabilidade social na empresa. Esses são os principais objetivos das companhias que buscam obter certificações de qualidade.

Esses sistemas de gestão da qualidade (SGQ) são responsáveis por passar um pente fino nos processos da organização. Com a aplicação deles no dia a dia da empresa, as melhorias podem ser mensuradas, tornando-se parte da cultura dos seus funcionários e garantindo mais organização e a satisfação dos clientes.

As certificações de qualidade também auxiliam o gestor a tomar decisões de forma mais segura, já que as ferramentas usadas para a obtenção delas permitem que os indicadores de desempenho da empresa sejam levantados e analisados.

Quer descobrir qual a importância da adoção de SGQ, quais são as principais certificações e seus benefícios? Então, continue a leitura deste artigo!

Saiba quais são as principais certificações

A International Organization for Standardization (ISO) é uma organização não governamental internacional criada em Genebra, na Suíça, com o objetivo de estabelecer as normas que devem ser seguidas pelas empresas que optam por adotar os sistemas de gestão de qualidade. A organização atua na qualificação de produtos, processos, materiais e serviços, unificando os procedimentos mundialmente.

Com ela, é possível apoiar de forma sustentável a saúde, o meio ambiente e a inovação, promovendo o crescimento da economia e facilitando as relações comerciais entre diferentes países. No Brasil, a representante da ISO é a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

As principais normas técnicas estabelecidas pela ISO são a 9001, a 14001 e a 17025. Há também uma norma nacional que é validada pelo Inmetro, a NBR 16001. Vamos saber os detalhes de cada uma delas:

ISO 9001

Essa é a principal norma relacionada com os modelos de gestão de qualidade. Para obtê-la, a empresa deve estipular uma série de metas a serem alcançadas. É preciso que o gestor de projetos esteja envolvido nesse processo para que as várias etapas sejam implantadas com êxito.

A ISO 9001 pode ser aplicada em empresas de qualquer porte e atuantes em todos os setores. Suas normas oferecem um conjunto de regras que promovem a implantação e o monitoramento contínuo de técnicas para otimizar processos. Seu foco é a satisfação do cliente.

ISO 14001

Essa certificação tem base na 9001, citada anteriormente, mas suas diretrizes são estabelecidas para a implantação do sistema de gestão ambiental (SGA), o que as diferencia. Sendo assim, ela tem foco nas questões sustentáveis e na garantia da proteção ambiental em todos os processos das empresas que optam por ela. Para que isso seja possível, o foco dessas normas está na prevenção.

Para obter o certificado ISO 14001, não basta que as leis ambientais brasileiras sejam respeitadas. É preciso que toda a corporação mude sua cultura em relação à responsabilidade ambiental, seguindo parâmetros internacionais. Dessa forma, todos os funcionários devem ser treinados para que seja estabelecida a melhoria contínua dos processos nesse sentido.

ISO 17025

Essa norma se diferencia das demais da ISO por se tratar da certificação de laboratórios de calibração e ensaio. Com ela, as empresas conseguem comprovar que realizam suas tarefas com precisão, garantindo resultados de alta qualidade. Ela é obtida de maneira semelhante às ISO 9001 e 14001.

No caso da 17025, para conseguir ser certificada, a empresa deve passar por uma série de auditorias, que asseguram que o laboratório está enquadrado aos padrões internacionais de qualidade. Ela também segue padronizações tanto ambientais quanto de segurança nos processos.

NBR 16001

Essa norma trata do sistema de gestão da responsabilidade social. Por meio dela pode ser aplicado na empresa um conceito bem abrangente sobre esse tema, englobando todas as questões econômicas e sociais relacionadas à sustentabilidade. É importante para a obtenção desse certificado de qualidade o engajamento de todos os envolvidos no processo.

Esse sistema de gestão tem o objetivo de incentivar o comprometimento das empresas com a promoção da cidadania, da transparência em suas atividades e do desenvolvimento sustentável da região onde elas atuam.

A NBR 16001, ao contrário das demais, é uma certificação nacional e deve ser validada pelo Instituto Nacional de Metrologia e Qualidade Industrial (Inmetro).

Conheça quais são os passos para obter as certificações

Para obter as certificações, as empresas devem seguir alguns passos recomendados pelo organismo certificador. Veja quais são os principais:

Conhecer as normas

Para conseguir receber o certificado de qualidade, seja ele de gestão da qualidade, ambiental ou qualquer outro, é preciso conhecer profundamente o conteúdo prescrito em cada norma. O teor de cada uma delas está no site da ABNT, no qual você encontra todas as informações necessárias para que a sua empresa seja certificada.

Nessa consulta, você também encontra o catálogo digital com as normas, cursos e publicações, além das informações técnicas e institucionais.

Implantar na sua empresa

Para colocar em prática todas as etapas estabelecidas nas normas da ABNT, o ideal é que sejam contratadas consultorias especializadas nesse processo. Isso porque as normas indicam o que deve ser feito para que a organização obtenha o certificado, mas não determinam como isso deve ser feito.

De toda forma, é necessário que os gestores acompanhem de perto os processos de implantação dos sistemas de gestão da qualidade, que facilitarão o monitoramento, o fluxo dos processos, a tomada de decisões e a melhoria contínua da empresa.

Contratar um organismo certificador

A empresa pode contratar uma consultoria, implantar o sistema de gestão da qualidade e melhorar seus processos por conta própria. Mas o reconhecimento e a posterior certificação só ocorrerão depois que uma empresa especializada fizer as auditorias necessárias para isso.

Nessa etapa, será necessário comprovar que os processos de produção e de gestão estão de acordo com as normas da certificação escolhida. Para isso, serão levantados documentos e realizadas auditorias, coleta de amostras, entre outros procedimentos, dependendo de qual certificação estiver sendo obtida.

Veja quais são os benefícios das certificações de qualidade

Não há dúvidas de que promover as melhorias e implantar os sistemas de gestão da qualidade em sua empresa traz uma série de vantagens para a organização. Além de melhorar a imagem do negócio, as certificações de qualidade trazem benefícios como a redução de custos, maior competitividade no mercado, tanto nacional quanto internacional, entre outros. Confira alguns deles:

Melhorias na gestão

  • equipes mais comprometidas com a qualidade;

  • mais facilidade para a tomada de decisões;

  • melhora na imagem institucional da empresa, no clima e na comunicação.

Redução das perdas

  • promoção da melhoria contínua dos processos;

  • produtos de acordo com as normas técnicas;

  • combate à concorrência desleal.

Eficácia nos processos

  • maior competitividade;

  • inovação e desenvolvimento de novos produtos;

  • mapeamento e registro das atividades da empresa.

Como vimos, os sistemas de gestão da qualidade asseguram mais eficácia e competência às empresas que atuam no mercado em qualquer segmento. Desde que os certificados de qualidade passaram a ser implantados no Brasil, o país passou a ter mais condições de competir internacionalmente.

Este conteúdo foi útil? Quer mais informações relevantes sobre empresas e mercado de trabalho? Então, assine a newsletter da Faculdade UCL e receba nossas novidades com exclusividade!