Afinal, qual é a validade do diploma EAD?

Apesar de sua popularização em todo o Brasil, o curso superior a distância ainda causa muita desconfiança entre as pessoas. E uma das preocupações é em relação à validade do diploma EAD.

Afinal, um curso de graduação exige muita dedicação e investimento. Imagine o transtorno de descobrir que sua formação não tem reconhecimento legal quando você ingressar no mercado de trabalho?

Se você também tem esse receio quanto ao diploma, acompanhe este post. Vamos mostrar os critérios que validam esse título, as informações que constam no documento e como o mercado de trabalho avalia quem se formou nesse formato de ensino!

O diploma EAD tem o mesmo reconhecimento do presencial?

Para ofertar qualquer modalidade graduação — presencial ou ensino a distância (EAD) — a instituição de ensino, bem como o curso superior devem passar por avaliações periódicas do Ministério da Educação (MEC).

Dessa forma, para que o diploma tradicional ou EAD tenha validade é preciso que a faculdade e a graduação tenham um bom desempenho nos seguintes indicadores:

  • Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade): realizado no começo e final do curso superior com o objetivo de avaliar o rendimento dos alunos para competências necessárias da área de conhecimento da graduação;

  • Conceito Preliminar do Curso (CPC): avaliação das titulações do corpo docente, das instalações da instituição de ensino e dos recursos pedagógicos. As notas vão de 1 a 5 e consideram também a nota do Enade;

  • Conceito do Curso (CC): é uma avaliação que o MEC realiza presencialmente para verificar quatro quesitos fundamentais de um curso: projeto pedagógico, corpo docente, infraestrutura e atendimento às normas legais.

Somente se a instituição de ensino e curso superior passarem por essas exigências é que serão reconhecidos pelo MEC. Por isso, ao escolher uma graduação, antes de começar a cursar, verifique se o curso tem a autorização desse órgão.

A consulta é muito fácil de ser realizada — é só acessar o portal e-MEC, onde é possível analisar também o desempenho da faculdade e dos cursos nos critérios de avaliação do MEC.

Se a instituição de ensino em questão tiver esse reconhecimento e o curso estiver autorizado, você pode ficar tranquilo quanto à validade do diploma EAD.

Quais informações constam nesse documento?

O diploma é emitido pela faculdade e atesta a conclusão do curso superior. Comprova, portanto, que o aluno cumpriu os requisitos da graduação, com aprovação nas provas e no trabalho de conclusão de curso (TCC), e que realizou o estágio obrigatório (para alguns cursos).

O documento é igual para formações presenciais e EAD e nele constam as seguintes informações:

  • nome completo do aluno;

  • área de conhecimento do curso (direito, biologia, engenharia civil, jornalismo etc.);

  • habilitação (bacharelado, tecnológico ou licenciatura);

  • instituição de ensino;

  • data da conclusão do curso;

  • assinaturas do aluno e do dirigente da instituição de ensino;

  • portarias de autorização de funcionamento e de reconhecimento do MEC.

Como se vê, no diploma não aparece a informação que indica se o curso foi realizado no formato a distância ou presencial. Isso porque o que importa é se o aluno cumpriu todas as exigências acadêmicas e se existe o reconhecimento do Ministério da Educação.

Como o mercado de trabalho vê a formação a distância?

A validade do diploma EAD e de um curso presencial é exatamente a mesma, e é por isso o mercado de trabalho não discrimina um candidato que se formou a distância. Para os gestores, é indiferente a modalidade de ensino escolhida pelo profissional para fazer o curso superior.

Ele precisa apenas comprovar que é graduado e que apresenta os conhecimentos e habilidades que o cargo em questão exige. Dessa maneira, não há com o que se preocupar ao escolher estudar nessa modalidade — depois de formado, a pessoa que fez um curso online tem as mesmas oportunidades daquele que cursou a graduação tradicional.

Na verdade, realizar uma formação na modalidade a distância pode até ser bem-visto pelas empresas. Isso porque é um profissional que demonstrou autonomia para estudar, já que ele acompanha as aulas sem a presença de um professor, o que significa que será proativo no ambiente corporativo

Oportunidades de trabalho

Depois de formado e com o diploma de curso superior EAD em mãos, o profissional pode:

  • participar de processos seletivos para vagas de emprego que exigem essa formação;

  • prestar concursos públicos;

  • dar continuidade aos estudos com uma pós-graduação — com a realização de cursos de especialização, MBA (Master in Business Administration) ou mestrado.

Quais as vantagens de fazer uma faculdade a distância?

Agora você já sabe que a validade do diploma EAD é igual à do presencial, por isso pode apostar nessa modalidade de ensino sem medo. Aliás, há ainda outras vantagens de fazer uma graduação nesse formato:

  • flexibilidade: as disciplinas e atividades do curso superior ficam disponíveis online — em uma plataforma virtual. Assim, você consegue estudar pelo tablet ou notebook quando e onde quiser. Essa versatilidade possibilita que você faça a graduação tranquilamente sem modificar sua rotina;

  • custos reduzidos: como não há a obrigatoriedade de ir todos os dias até a instituição de ensino, você não gasta com transporte público ou combustível. Além disso, as mensalidades dos cursos EAD geralmente são menores quando comparadas às dos cursos tradicionais;

  • economia de tempo: você otimiza o seu dia, pois não gasta tempo com deslocamentos diários até a faculdade e pode avançar mais rápido o conteúdo de acordo com sua organização e dedicação — sem precisar esperar toda a turma assimilar um assunto para seguir em frente;

  • variedade de cursos: hoje o aluno encontra cursos de graduação em quase todas as áreas do conhecimento nessa modalidade de ensino.

Viu só como o curso superior a distância tem a mesma qualidade da versão presencial, desde que a instituição de ensino cumpra todas as exigências do MEC? Por isso, não há com o que se preocupar com a validade do diploma EAD. Aposte nesse formato de ensino e comece a construir sua carreira.

Nosso post conseguiu esclarecer as suas dúvidas sobre o reconhecimento da graduação nessa modalidade? Se tiver algum questionamento, deixe seu comentário que responderemos em breve.